Indicadores de Remodelagem Cardíaca em Atletas Adolescentes de Elite

Por: Antonio Figueiredo, Daniela Costa, Diogo Martinho, João Duarte, João Valente-dos-santos, Joaquim Castanheira, Jorge Fernandes, Luís Rama, Manuel J Coelho-e-silva e Vasco Vaz.

XVI Congresso de Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Tem sido amplamente aceite a ideia de que diferentes modalidades desportivas e de treino físico resultam em padrões divergentes de adaptação cardíaca. No entanto, ainda não se compreende totalmente como esta remodelagem se processa entre o vasto espectro de modalidades existentes. Foi objetivo estudar a variação da morfologia do coração associado a um conjunto de modalidades desportivas caracterizadas por distintos modelos de preparação e diferentes metodologias de treino e competição. Foram estudados 42 basquetebolistas, 73 hoquistas, 28 judocas e 21 nadadores. A antropometria foi avaliada por um único e experiente antropometrista e os exames ecocardiográficos realizados pelo mesmo operador. Recorreu-se à análise da variância (ANOVA) para estudar a variação associada à idade, medidas de tamanho corporal e parâmetros ecocardiográficos bem como para a comparação entre os atletas de diferentes modalidades desportivas. Os basquetebolistas são os atletas mais altos (F=23.448; p<0.001; ES-r = 0.553), mais pesados (F=6.702; p<0.001; ES-r = 0.334) e com maior superfície corporal (F=11.896; p<0.001; ES-r=0.427) e, junto com os hoquistas, apresentam um DAE superior à dos judocas (F=3.865; p=0.011, ES-r=0.316). A espessura do SIV (F=7.287; p<0.001; ES-r=0.347) e da parede posterior do VE (F=8.038; p<0.001; ES-r=0.362) dos judocas é inferior às dos outros atletas. Os nadadores apresentam uma espessura parietal relativa do VE superior à dos judocas (F=4,127, p=0,008, ES-r=0,268). Foram estudadas modalidades desportivas substancialmente diferentes, associadas a diferentes dinâmicas do processo de treino e competição e, correspondentemente, a diferentes mecanismos adaptativos do coração.

Endereço: http://www.fade.up.pt/rpcd/entradaPT.html

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.