Indicadores Estatísticos no Resultado Final do Jogo de Basquetebol: Análise na Categoria Sub-17 no Estado do Paraná

Por: Celso Lopes da Silva Junior, , José Carlos Mendes, Laiana Daniela Dumke, Otavio Augusto Lamb e Rogério Vaz da Silva.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
O objetivo deste estudo foi identificar quais os indicadores estatísticos que influenciaram diretamente na obtenção da vitória durante o Campeonato Paranaense sub17 de Basquetebol Masculino 2011.

Métodos e Resultados:
Foi feita uma pesquisa descritiva de caráter quantitativo por meio de scouting técnico realizado em todos os jogos da referida competição, sendo aferidos 21 indicadores estatísticos. Para a análise dos dados utilizou-se estatística descritiva, médias e desvios padrões dos indicadores estatísticos em relação ao resultado do jogo e o teste Anova (p<0,05). Os resultados revelaram que as equipes que obtiveram a vitória nos jogos apresentaram médias superiores em 19 indicadores estatísticos, exceto nos indicadores pertinentes aos erros e faltas cometidas, justamente, os indicadores em que os valores menores indicam um melhor desempenho. Em relação às diferenças dos indicadores analisados, observou-se que nos indicadores pertinentes às tentativas de dois pontos, dois pontos convertidos, percentual de dois pontos, pontos totais convertidos, percentual total de pontos, rebote defensivo, total de rebotes e assistências foram consideradas significativas.

Conclusão:
De modo geral, concluiu-se que as equipes que obtiveram a vitória, consequentemente, apresentaram melhores médias nos indicadores estatísticos analisados. No entanto, os indicadores relacionados às tentativas e acertos de arremessos de dois pontos, total e percentual de pontos convertidos, rebotes defensivos e assistências, aparentemente, tem maior influência na obtenção da vitória

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.