Indicadores Indicadores Cardiovasculares em Repouso e Durante Um Teste Incremental em Jovens.

Por: Diego Giulliano Destro Christofaro, Eduardo Quieroti Rodrigues, Eduardo Zapaterra Campos, Ismael Forte Freitas Júnior, Mauro Leandro Cardoso, Pedro Balikian Junior, Robson Chacon Castoldi e Sergio de Sousa.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.14 - n.1 - 2012

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo comparou valores de glicemia, frequência cardíaca em repouso e durante exercício, além da composição corporal entre hipertensos e normotensos. A amostra foi composta por 32 jovens do sexo masculino, com média de idade de 22,6 anos. Inicialmente, aferiu-se a pressão arterial, para divisão em dois grupos: hipertensos e normotensos. Posteriormente foram mensurados, glicemia em jejum, impedância bioelétrica, antropometria, e a frequência cardíaca no repouso, durante o teste de esforço máximo e na fase de recuperação. A análise estatística foi composta pelo teste t- Student e análise de variância para medidas repetidas two-way, entre os grupos. O valor de significância adotado foi p = 0,05. Os dados analisados mostraram que indivíduos hipertensos apresentam maiores índices metabólicos e valores hemodinâmicos do que indivíduos normotensos, sendo estes indicadores de risco cardiovascular.
 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2012v14n1p32

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.