índice de Conicidade e Risco Para Doenças Cardiovasculares em Adultos Ativos da Cidade do Recife – Pernambuco – Brasil

Por: Anderson Almeida, Patricia Moreira Alexandre da Silva e Sarah Gomes.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O Índice de Conicidade (Índice C) é uma técnica antropométrica proposta para avaliação da obesidade e distribuição da gordura corporal, considerando que a obesidade central, mais do que a obesidade generalizada, está associada às doenças cardiovasculares. Nesse sentido, o presente estudo tem por objetivo, identificar o Índice de Conicidade de um grupo de adultos praticantes de exercício físico numa academia da cidade do Recife, Pernambuco. Realizou-se um estudo descritivo, de corte transversal. Os participantes assinaram um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, no qual obtinham informações dos procedimentos e cuidados éticos do estudo. Foram mensuradas, por um avaliador previamente treinado, as medidas de circunferência da cintura, massa e estatura corporal, necessárias na determinação do Índice de Conicidade. Como pontos de corte para Índice C, considerou-se risco quando ≥1,25 para homens, ≥1,18 para mulheres até 49 anos e ≥1,22 para mulheres de 50 a 74 anos. A amostra foi composta por 92 adultos com idade média de 46,60 ± 12,39 anos, sendo 85% do sexo feminino. Na análise dos dados, utilizou-se a estatística descritiva com os valores média desvio padrão, por intermédio do programa R 2.10.1. Os resultados mostraram que 57% da amostra encontram-se na zona de risco para doenças cardiovasculares segundo os valores do Índice de Conicidade, sendo 11 homens e 42 mulheres. Sabendo-se que a população estudada é formada por adultos ativos, os resultados sugerem a sistematização do programa de exercícios e um acompanhamento nutricional garantindo a eficácia do treinamento e a diminuição da gordura corporal.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.