índice de Massa Corporal Como Preditor de Multimorbidade na População Brasileira

Por: Anne Ribeiro Streb, Giovâni Firpo Del Duca e Marina Christofoletti.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.20 - n.6 - 2018

Send to Kindle


Resumo


O excesso de peso é um indicador de risco para a saúde, mas pouco se sabe sobre sua influência na multimorbidade das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT). O objetivo deste estudo foi identificar os valores preditivos e fatores sociodemográficos associados ao Índice de Massa Corporal (IMC) como determinante da ocorrência de multimorbidade de DCNT em homens e mulheres brasileiras. Dados da pesquisa “Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por telefone” - pesquisa nacional de 2013 foram utilizados. A população foi composta por indivíduos com idade ≥ 18 anos e aqueles que residiam em casa com uma linha telefônica fixa nas 27 capitais brasileiras. As variáveis --

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2018v20n6p555

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.