Índices Antropométricos na Detecção do Excesso de Gordura Corporal em Crianças (7-10 Anos) de Florianópolis-SC

Por: Edineia Aparecida Gomes Ribeiro.

90 páginas. 2011 20/04/2011

Send to Kindle


Resumo

Os índices antropométricos têm sido utilizados como medidas “proxy” da gordura corporal. No entanto, existem evidências insuficientes sobre o desempenho diagnóstico do índice de  massa corporal (IMC), circunferência da cintura (CC) e relação cintura/estatura (RCEst) para detectar o excesso de gordura corporal em crianças.  Diante disto, o objetivo deste trabalho foi analisar o desempenho diagnóstico do IMC, CC e RCEst e estimar os valores críticos destes índices que apresentem melhor acurácia na detecção do excesso de gordura corporal em crianças de sete a dez anos de idade de Florianópolis. Assim, o estudo transversal foi realizado com uma amostra de 2.772 escolares de Florianópolis, SC, com idades de 7 a 10 anos (1.431 meninos e 1.341 meninas).  O desempenho diagnóstico foi avaliado por meio da análise da Curva receiver operating characteristics (Curva ROC). Adotou-se o somatório de quatro dobras cutâneas (tríceps, subescapular, suprailíaca e panturrilha medial) ajustados para a idade como medida de referência. A análise da razão de verossimilhança (RV) foi utilizada para selecionar o valor crítico dos três índices antropométricos na detecção do excesso de gordura corporal.  Tanto o IMC, como a CC e RCEst apresentaram excelente desempenho na detecção do excesso de gordura corporal, indicados pela Área sob a curva ROC (ASC), com valores próximos de 1,0. Considerando as idades de 7 a 10 anos, os valores críticos do IMC na detecção do excesso de gordura corporal apresentaram razão de verossimilhança positiva (RVP) de 8,27 em meninos e de 7,33 em meninas, enquanto a  razão de verossimilhança negativa (RVN) foi de 0,15 e 0,14, respectivamente. Os valores de RVP e RVN para os valores críticos  da CC foram de  9,23  e  0,16, respectivamente em meninos. Já para as meninas, o valor de RVP foi de 5,63  e de 0,19 para RVN. Os valores críticos determinados para a RCEst mostraram RVP e RVN de 5,97 e de 0,19, respectivamente em meninos. A RVP foi ligeiramente inferior (4,62) em meninas, enquanto a RVN foi suavemente superior (0,22). Os três índices analisados apresentaram excelente desempenho diagnóstico na detecção do excesso de gordura corporal na amostra estudada. O IMC, método simples e universal, tem poder para rastrear com qualidade o excesso de gordura corporal e auxiliar em estratégias direcionadas à saúde de crianças.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.