índices Fisiológicos e Neuromusculares Relacionados à Performance nas Provas de 800 M e 1500 M Rasos

Por: Francimara Budal Arins, Juliano Dal Pupo, Luiz Guilherme Antonacci Guglielmo, e .

Motriz - v.17 - n.2 - 2011

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi determinar e correlacionar os índices fisiológicos e neuromusculares  com a performance de corredores treinados nas distâncias de 800 m e 1500 m. Onze atletas realizaram os seguintes testes: 1) determinação das performances nos 800 m e 1500 m; 2) determinação do consumo  máximo de oxigênio (VO2max), velocidade correspondente ao VO2max (vVO2max) e velocidade correspondente ao onset of blood lactate accumulation; 3) saltos verticais (Counter Movement Jump - CMJ  e Continuous Jump - CJ); 4) determinação do tempo de exaustão (Tlim) e 5) testes submáximos para determinação da economia de corrida e teste supra-máximo para cálculo do máximo déficit acumulado de  oxigênio. Houve correlação significante da vVO2max e do Tlim com as duas provas. O CJ se correlacionou  somente com os 800 m. Conclui-se que a potência aeróbia é a principal determinante da performance nas  duas distâncias, destacando-se que os aspectos neuromusculares influenciam os 800 m. 

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/1980-6574.2011v17n2p338

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.