(in)disciplina na Educação Infantil e a Organização do Trabalho na Escola: Concepções e Práticas

Por: Evanileide Patrícia Lima Figueira.

172 páginas. 2019 06/08/2019

Send to Kindle


Resumo

Este estudo, vinculado a Linha de Pesquisa 2 - “Processos Formativos, Ensino e Aprendizagem”, é resultado de um trabalho investigativo que teve como pressuposto que as concepções dos professores e gestores sobre a infância, a criança e o comportamento infantil exercem papel determinante na organização do trabalho pedagógico da escola e no enfrentamento das questões relativas à (in) disciplina.. O problema de pesquisa que orientou essa investigação foi o de procurar entender como as relações existentes entre as concepções que orientam as práticas dos educadores, a (in) disciplina e a forma de organização escolar, interferem e determinam os procedimentos adotados na/pela escola ao cumprir o seu papel de instituição formativa. Vale destacar que a pesquisa realizada não buscou priorizar a análise da sala de aula (nível micro) ou das políticas públicas (nível macro), mas teve a instituição escolar (nível meso) e sua organização, como foco da investigação. A partir dessa perspectiva, a pesquisa realizada teve o objetivo de identificar e analisar como uma escola de Educação Infantil se organiza para trabalhar as questões disciplinares e como as concepções dos educadores interferem nessa organização. Como metodologia de investigação foi realizada uma pesquisa de campo com a finalidade de observar fatos e fenômenos da maneira como ocorriam na realidade da escola para coletar os dados referentes aos elementos observados e, posteriormente, analisá-los e interpretá-los, com base nos aportes teóricos que estruturaram todos os procedimentos adotados no decorrer da investigação. Foram utilizados também os seguintes instrumentos de coleta de dados: a observação in loco de uma escola municipal de Educação Infantil que possibilitou o contato direto com o fenômeno pesquisado; análise documental, procurando identificar nos documentos e registros escolares as possíveis relações entre as concepções dos educadores e os procedimentos adotados para enfrentamento das questões disciplinares; entrevistas semiestruturadas e; aplicação de questionários com a intenção de estabelecer a ligação entre o problema de pesquisa, os objetivos priorizados, e as concepções dos sujeitos que atuavam no espaço da investigação. Os resultados apontaram para a necessidade de romper com o silenciamento sobre a temática da (in) disciplina na Educação Infantil, e intensificar o foco das pesquisas sobre a organização da escola no enfrentamento aos desafios (in) disciplinares que perpassam o ambiente escolar, além de evidenciarem a importância da organização e localização dos espaços e dos recursos destinados às práticas pedagógicas para minimizar os problemas relativos às questões disciplinares. A análise dos dados coletados apontou também para a lacuna existente entre as necessidades formativas de professores e gestores sobre a temática da (in) disciplina e os estudos ofertados tanto na formação inicial, como nos momentos de formação continuada, onde praticamente inexistem estudos embasados teoricamente sobre essa área de conhecimento.

Endereço: http://hdl.handle.net/11449/183447

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.