Influência da Atividade e Inatividade Física na Composição Corporal e Adiposidade Central

Por: Juliano Casonatto e Rômulo Araújo Fernandes.

Motriz - v.16 - n.1 - 2010

Send to Kindle


Resumo

Resumo: Analisar a influência da atividade física e comportamentos sedentários em indicadores de gordura corporal total e central em adolescentes do sexo masculino. Estudo transversal com 60 estudantes do sexo masculino com idades variando entre 11 e 14 anos. Foram avaliados a massa corporal, estatura, dobra cutânea tricipital, circunferência de cintura, percentual de gordura corporal (impedância bioelétrica) e o nível de atividade física por meio de questionário. A prevalência de inatividade física foi de 35%, o excesso de gordura corporal total e central foram observados em 38,3% e 48,3% da amostra, respectivamente. Houve associação dos comportamentos sedentários com a gordura corporal total e central (RC= 5.2 e RC= 6.4, respectivamente). Não houve associação dos mesmos indicadores com a atividade física. Os resultados indicaram que a adoção de comportamentos sedentários está associada ao desenvolvimento da obesidade total e central entre adolescentes do sexo masculino.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/3212/2748

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.