Influência da Composição Corporal Regional e Total Sobre o Desempenho de Nado e índices Aeróbios

Por: Astor Reis Simionato, Dalton Muller Pessoa Filho, Daniel Pestana, Leandro Oliveira da Cruz Siqueira e Mário André Espada.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.22 - n.3 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Introdução: Poucos estudos analisaram a contribuição da composição regional de nadadores para o perfil aeróbio, anaeróbio e o desempenho de nado. Objetivo: Verificar a influência da composição corporal regional e total sobre índices da aptidão aeróbia e anaeróbia em nado atado e livre, bem como sobre o desempenho de curta e média duração. Métodos: Onze nadadores (18,0 ± 4,0 anos) foram submetidos a: (1) teste incremental em nado atado, com coleta de gases respiração-a-respiração (K4b2 associado ao novo-AquaTrainer  ); e (2) tempo limite nos desempenhos de 200, 400 e 800 metros de nado livre. A regressão linear entre distância e tempo ( d-t Lim) empregou o método dos quadrados mínimos. O coeficiente de Pearson (r) averiguou as correlações da composição corporal regional e total com índices da aptidão aeróbica e anaeróbica em nado atado e livre. Resultados: Os valores da massa isenta de gordura (MIG) foram: 61,7 ± 7,4 kg; 7,5 ± 1,1 kg; 28,3 ± 3,7 kg; 22,1 ± 2,5 kg, respectivamente para corpo todo, membros superiores (MS), tronco (T ) e membros inferiores (MI). O consumo máximo de oxigênio (VO 2max) foi 52,1 ± 5,3 ml×kg-1 ×min-1 , sendo a carga correspondente (iVO 2max) de 93,9 ± 12,2 N. O tempo em 200 (132,2 ± 9,7 s), 400 (296,8 ± 17,2 s) e 800 metros (619,5 ± 26,9 s) forneceu velocidade crítica (VC = 1,23 ± 0,06 m×s -1) e capacidade anaeróbica de nado (CNA = 35,8 ± 15,1 m). Observaram-se correlações de iVO 2max , CAN e v 200m com MIG para MS (r = 0,64; 0,67 e 0,76), porém a MIG para T, MI e corporal demonstraram correlações apenas com v 200m (r = 0,75; 0,69 e 0,75) e CAN (r = 0,71; 0,69 e 0,75). Conclusão: Houve, portanto, influência da MIG regional e corporal sobre o desempenho de curta distância e reservas anaeróbias, sendo a MIG-MS também influente sobre a iVO 2max , e assim relacionada ao aprimoramento do desempenho de nado.
 

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922016000200097&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.