Influência da Força Muscular no Volume e na Intensidade da Atividade Física Diária de Idosos

Por: , Claudia Regina Cavaglieri, Cleiton Libardi, Felipe Damas, Felipe Vechin, Manoel Lixandrão, Mara Patrícia Traína Chacon-Mikahil, Miguel Soares Conceição, Ricardo Berton e Thiago Mattos Frota de Souza.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.30 - n.3 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Diminuições no volume da atividade física diária (VAF - número de passos) e na intensidade da atividade física diária (IAF – velocidade média de caminhada) estão relacionadas com a maior incidência de quedas e aumento da incidência de doenças crônico-degenerativas em idosos. Portanto, identificar fatores que possam aumentar o VAF e a IAF torna-se essencial, principalmente para essa população. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi investigar a influência da força muscular no VAF e na IAF de idosos saudáveis. Foram recrutados 18 participantes (10 homens e oito mulheres), com idade acima de 60 anos. Os participantes realizaram o teste de uma repetição máxima (1-RM) e utilizaram acelerômetro triaxial durante sete dias consecutivos, para mensurar o VAF e a IAF. Para analisar a influência da força no VAF e IAF realizou-se uma análise de regressão linear simples. Não foram observadas correlações significantes entre a força muscular e o VAF (p = 0,93; r2 = −0,06), assim como, entre a força muscular e a IAF (p = 0,08; r2 = 0,17). Conclui-se que a força muscular não influencia o VAF e a IAF de idosos saudáveis.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1807-55092016000300541&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.