Influência do Sistema de Disputa e Nível dos Adversários nas Demandas Físicas em Atletas de Elite do Futebol Brasileiro

Por: Eliney Silva Melo.

73 páginas. 2020 06/03/2020

Send to Kindle


.Resumo

As equipes de futebol da primeira divisão disputam campeonatos com sistemas de disputa eliminatório simples ou pontos corridos, e se deparam com adversários de diferentes níveis ao longo da temporada. O objetivo do estudo foi verificar a influência do sistema de disputa e o nível da equipe adversária sobre as demandas físicas em atletas de elite do futebol brasileiro. A amostra foi composta por 41 atletas profissionais de futebol, do sexo masculino, com idade média de 29,2 (± 4,8 anos), massa corporal 78,5 (± 8,3kg), estatura 179,3 (± 8,8 cm), membros de uma equipe da primeira divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol. As demandas físicas dos atletas foram monitoradas nos jogos oficiais de 2018 através de sistema semiautomático de vídeo (InStat®) Moscou, Rússia). A influência do sistema de disputa (estudo 1) foi verificada através da comparação das variáveis: distância total percorrida (DT); distância percorrida em alta velocidade; em sprints e o número de sprints, nos Campeonatos Mineiro e Copa do Brasil. Para verificar a influência do nível dos adversários (estudo 2), foram comparadas as demandas físicas dos atletas em jogos contra as cinco (5) primeiras e as cinco (5) últimas equipes no ranking final do Campeonato Brasileiro, através das mesmas variáveis citadas acima. A normalidade dos dados foi verificada pelo teste de Shapiro Wilk e a para a magnitude das diferenças entre as comparações foi calculado o tamanho do efeito Cohen d. A confiabilidade do instrumento de medida foi testada utilizando o Intervalo de Confiança intraclasse (ICC 2,1). No estudo 01 em nenhuma das variáveis, foi evidenciado a presença de diferenças significativas entre as duas competições. Os resultados do estudo 2 mostraram uma diferença significativa apenas na variável DSPRINT [>25,0 km/h] (p=0,04, d=-0,48; efeito pequeno). Para as análises foi adotado um nível de significância de p < 0,05 e utilizado o pacote estatístico SigmaPlot 11.0 (Systat Software Inc, USA). O sistema de disputa das competições avaliadas não influenciou a demanda física de uma equipe da elite do futebol brasileiro, porém o nível das equipes adversárias influenciou a demanda física nas distâncias percorridas em sprints.

Endereço: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.xhtml?popup=true&id_trabalho=10614512

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.