Influência do Treinamento Físico Aeróbio nos Marcadores Séricos de Estresse Oxidativo em Ratos Diabéticos

Por: Alexandre Roverati Spagnol, Aron Silva Pereira, Eliete Luciano e José Alexandre Curiacos de Almeida Leme.

Revista da Educação Física - UEM - v.27 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Para verificar o efeito do exercício físico sobre biomarcadores de estresse oxidativo em sangue de ratos diabéticos foram utilizados 40 ratos Wistar distribuídos nos grupos controle, treinado, diabéticos e diabéticos treinado. O treinamento físico consistiu de natação 1 hora/dia, 5 dias/semana por 8 semanas. O diabetes foi induzido utilizando aloxana (32mg/kg) Foram analisados os parâmetros séricos: glicose, colesterol, triglicerídeos, proteína c reativa, catalase, superóxido dismutase (SOD) e malondialdeído (MDA). O diabetes aumentou as concentrações séricas de glicose e MDA, porém diminuiu as atividades da SOD e catalase. O treinamento físico reduziu os níveis séricos de glicemia, colesterol e aumentou MDA e catalase nos animais diabéticos. A atividade da SOD nos animais diabéticos foi menor que nos controles, sendo este parâmetro recuperado pelo treinamento físico. Não houve diferenças significativas nos demais parâmetros estudados. Pode ser concluído que o treinamento físico foi eficaz em amenizar a glicemia e amenizar o estresse oxidativo

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/28637

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.