Influência do Uso de Palmares e Nadadeiras no Comportamento do Lactato Sanguíneo, da Frequência Cardíaca e do Esforço Percebido

Por: Bruno Costa Teixeira, Cristiano Cardoso de Matos e Flávio Antônio de Souza Castro.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.20 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Um dos grandes desafios para treinadores de natação é o adequado controle da intensidade de treino. Essa questão é mais complexa quando utilizados equipamentos como palmares e nadadeiras. Dentre os parâmetros de controle de intensidade, a concentração sanguínea de lactato [LA] é padrão para acompanhamento de respostas metabólicas, e a frequência cardíaca (FC) e o esforço percebido (EP) são métodos práticos e baratos. Esse estudo teve como objetivo comparar a concentração sanguínea de lactato, a frequência cardíaca e o esforço percebido em série de treinamento de natação sem equipamentos, com palmares ou com nadadeiras. Foram avaliados 11 nadadores em três diferentes dias durante série de 12 repetições de 50 m nado crawl. A primeira foi realizada sem equipamentos mantendo a percepção relativa ao escore 15 da escala de 6 a 20 pontos de Borg. A segunda e terceira séries os atletas realizavam (i) utilizando palmares e (ii) utilizando nadadeiras, na mesma velocidade de nado da série sem equipamentos, em ordem aleatória. Foram mensuradas e comparadas [LA], FC e EP nos momentos repouso (pós-aquecimento e antes da série), após a sexta e a 12ª repetições. A velocidade média para todas as séries foi de1,30 ± 0,13 m.s-1; nadadeiras e palmares apresentaram menores valores finais de [LA] (respectivamente, 5,9 ± 0,3 e 8,1 ± 0,4 mmol.l-1) e de FC (respectivamente, 161,1 ± 15,5 e 170,3 ± 13,3 bpm) em relação ao nado sem equipamentos (respectivamente, 10,8 ± 0,7 mmol.l-1 e 178,2 ± 4,3 bpm). O nado com nadadeiras apresentou menores valores finais de EP (12,5 ± 0,6 pontos) em relação ao nado sem equipamentos (15,8 ± 0,2 pontos) e similares valores em relação ao nado com palmares. Séries de natação com equipamentos produzem menores demandas fisiológicas em relação ao nado sem equipamentos se realizadas na mesma velocidade de nado que o nado sem equipamentos. 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2018v20n2p155

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.