Influência do Exercício Sobre a Produção de Radicais Livres

Por: Rodrigo Luiz Vancini.

Revista Brasileira Atividade Física & Saúde - v.10 - n.2 - 2005

Send to Kindle


Resumo

Os radicais livres (RL) são compostos altamente reativos or possuírem um elétron não-pareado na órbita mais externa, que podem conduzir a uma série de danos elulares ao organismo. Estes acontecem quando há o desajuste entre a produção e a remoção dos RL pelos istemas de defesa antioxidante do organismo. Tal ondição é denominada de estresse oxidativo. O exercício físico ntenso está associado com o aumento da geração de RL devido, principalmente, ao aumento do consumo de O2 pelos ecidos ativos. Em contrapartida, o exercício de intensidade moderada altera positivamente o status redox de células e tecidos, por diminuir os níveis basais de danos oxidativos e aumentar a resistência ao estresse xidativo graças ao aumento da defesa antioxidante. Os antioxidantes são substâncias capazes, em baixas oncentrações, de competir com substratos oxidáveis e, conseqüentemente, inibirem ou atrasarem a oxidação esses substratos. O exercício crônico moderado e a suplementação de antioxidantes podem reduzir os danos elulares induzidos por diferentes agentes estressores aos quais o organismo é submetido, pois promovem proteção or meio de diferentes mecanismos, e quando presentes de forma combinada, providenciam proteção dicional contra a ação deletéria dos RL.

Endereço: http://www.sbafs.org.br/_artigos/47.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.