Influência da Natação e do Ciclismo Sobre as Respostas Fisiológicas Durante a Corrida no Triathlon

Por: Adriana Garcia Pacheco.

2010 09/06/2010

Send to Kindle


Resumo

O estudo teve como objetivo determinar as respostas cardiorrespiratórias (VO2 e FC) e metabólicas (lactato) de triatletas treinados durante um simulado de TO e analisar os efeitos fisiológicos da natação e do ciclismo na máxima fase estável de lactato (MFEL) da corrida. Onze triatletas treinados (32,2 ± 4,8 anos; 75 ±6,2 kg; 178 ± 0,1cm) realizaram em dias diferentes os seguintes testes: 1) protocolo incremental na esteira rolante para a determinação do VO2max, IVO2max e LAn; 2) protocolo incremental realizado na própria bicicleta do atleta acoplada a um ciclossimulador para determinar o VO2max, IVO2max e 70%Pmax; 3) três a cinco testes para determinação da MFEL; 4) duas simulações da prova de TO, uma delas envolvendo a sucessão ciclismo-corrida (CC), e outra envolvendo a seqüência completa de natação-ciclismo-corrida (N-C-C). Em relação ao comportamento do VO2 ao longo dos 60 minutos de ciclismo foi encontrada diferença significativa apenas para o simulado C-C (sC-C) (41,8±6,0 no minuto 5 e 47,1±6,4 mL.Kg-1.min-1 no minuto 60). A FC apresentou comportamento similar ao do VO2, apresentando diferença significativa ao longo do tempo apenas para o sC-C (141,9±9,9 no minuto 5 e 156,8±8,1 bpm no minuto 60). Quando comparadas as duas situações de ciclismo foi observada diferença significante entre os minutos iniciais, 5, 10, 15 e 30. Para a [Lac] no sC-C foi encontrada diferença significativa entre os valores iniciais (1,5±0,6) e os minutos 20 (3,5±1,4), 40 (4,0±2,5) e 60 (3,7±1,8) e para o sN-CC foi encontrada diferença significativa entre os valores iniciais (5,8±1,6), 20 (4,8±2,3) e 60 (4,2±1,9) minutos. Quando realizada a análise entre os simulados foi encontrada diferença significativa apenas no início e aos 20 minutos. Nas três condições analisadas da corrida (controle, C-C, N-C-C) não foram observadas diferenças significativas para VO2 entre os simulados, porém quando analisadas separadamente foi encontrada diferença significativa ao longo do tempo para as três condições. A FC apresentou comportamento similar ao do VO2 ao longo do tempo para as três situações. Por outro lado, quando comparada entre as três situações, para cada intervalo de tempo, não foi encontrada diferença significativa. Para as [Lac] foi encontrada diferença significativa ao longo do tempo (minuto inicial, 10 e 30) para as três condições. Quando comparada entre os grupos foi encontrada diferença significativa do minuto inicial do controlo (1,60±0,31) e sC-C (2,91±1,31mmol.L-1) com o sN-C-C (4,10±1,39). Além do minuto dez do controlo (3,57±1,07) e sC-C (4,21±1,23) em relação ao dez do sN-C-C (5,28±1,88). E ainda do minuto 30 do controle (4,27±0,67) e sC-C (4,02±1,08) para o sN-C-C (5,44±1,66 mmol.L-1). Conclui-se que o exercício prévio de natação e ciclismo não interfere nas respostas cardiorespiratórias (VO2 e FC) da corrida realizada em vMFEL.

Endereço: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/94107

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.