Influência do Nível de Atividade Física e dos Hábitos Alimentares Sobre a Aptidão Física de Adolescentes

Por: .

Revista da Educação Física - UEM - v.15 - n.1 - 2004

Send to Kindle


Resumo

O padrão de atividades físicas e alimentares está mudando, como conseqüência direta disso observa-se o aumento na prevalência da obesidade e de doenças crônicas não transmissíveis em diversas populações. Crianças e adolescentes estão expostos a estes fatores e precisam ser orientados e estimulados a adotar hábitos de atividade física e alimentares favoráveis à saúde. Diante disso é importante detectar esses padrões e verificar a sua influência sobre a aptidão física. Este estudo foi desenvolvido no Colégio de Aplicação Pedagógica (CAP) da UEM com essa finalidade. Foram empregados os registros de atividade física de Bouchard et al., (1983) e alimentar de três dias e adotada a bateria de testes de aptidão física relacionada à saúde descrita por Guedes e Guedes (1997). Os resultados demonstram que os níveis de atividade física e a ingestão alimentar de energia e macronutrientes da maioria dos integrantes do estudo não atendem às recomendações, o mesmo ocorrendo com os componentes da aptidão física força/resistência muscular e capacidade aeróbia. Esses dados reforçam a necessidade de mais estudos observacionais, juntamente com programas de intervenção na escola com enfoque na promoção da saúde.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/3463/2504

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.