Influência do Nível de Desenvolvimento Cognitivo, Segundo a Teoria Psicogenética, na Tomada de Decisão de Crianças em Jogos Motores de Situação.

Por: Fernando Jaime Gonzalez.

104 páginas. 1996 07/11/1996

Send to Kindle


Resumo

O propósito fundamental deste estudo, foi investigar como o nível de desenvolvimento cognitivo, segundo a teoria psicogenética, influi nas estratégias de ação de crianças, em um jogo motor de situação. O estudo caracterizou-se como uma pesquisa causal-comparativa. A amostra deste estudo foi composta de 20 crianças do sexo masculino, seis (6) classificadas no estágio pré-operatório, seis (6) em transição do estágio pré-operatório ao operatório concreto e (8) classificadas no estágio operatório concreto, com uma idade compreendida entre os 5,8 e 6,9 anos, de uma escola de primeiro grau da Cidade de Córdoba-RA. Para a diferenciação entre os sujeitos que se encontravam nos diferentes níveis de desenvolvimento, foi utilizado o método clínico piagetiano. Os dados sobre as estratégias de ação utilizadas, foram coletados quando da realização de um jogo de situação. A partir desta situação, durante o jogo, as crianças indagadas sobre que idéias guiavam sua ação imediata anterior e sobre que idéias antecipavam a ação do companheiro. Ao mesmo tempo, foi realizada uma filmagem de um plano geral da totalidade do campo de jogo, com o objetivo de registrar os graus de deslocamentos das crianças em cada área de jogo. Para a análise dos resultados das entrevistas, utilizou-se um procedimento hermenêutico, enquanto que para a análise das ações motoras foram utilizadas as freqüências do uso de quatro recursos táticos, pelos grupos de desenvolvimento cognitivo pré-operatório e operatório, comparadas estatisticamente através da prova qui-quadrado.Com base nos resultado, chegou-se as seguintes conclusões: os estágios de desenvolvimento cognitivo, dentro da proposta psicogenética, operatório e pré-operatório parecem influenciar de forma diferenciada nas possibilidades de reflexão sobre o jogo de situação, quando comparadas crianças de mesma faixa etária. Há indícios de que o desenvolvimento cognitivo seja um fator importante para resolver os problemas do jogo de situação, sendo este capaz de influenciar na possibilidade de seleção dos recursos táticos no decorrer do mesmo. O nível de desenvolvimento cognitivo, aparentemente influencia as possibilidades de introspecção das crianças sobre as razões que originaram as ações motoras, tendo uma marcada vantagem o grupo operatório sobre o pré-operatório, nas possibilidades de explicar-se. Sugere-se: o uso da metodologia clínica psicogenética e da entrevista durante jogos de situação, como forma de conhecer como as crianças constróem seu conhecimento sobre eles, bem como conhecer como o desenvolvimento cognitivo afeta esta possibilidade de construção; realizar investigações com o objetivo de estabelecer o tipo de estratégias utilizadas por sujeitos em estágios de desenvolvimento cognitivo diferentes aos contemplados neste estudo; realizar o mesmo tipo de pesquisa com outros jogos de situação, particularmente com aqueles que contemplem a participação de dois ou mais colegas por equipe.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=484&listaDetalhes%5B%5D=484&processar=Processar

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.