Influência da Seletividade de Atenção no Desenvolvimento da Percepção Corporal de Crianças com Deficiência Motora

Por: A. L. S. Bertoldi, Ladewigii e V. L. Israel.

Revista Brasileira de Fisioterapia - v.11 - n.4 - 2007

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Verificar a influência do uso de estratégias cognitivas de direcionamento de atenção (dicas de aprendizagem) no desenvolvimento de variáveis da percepção corporal de crianças com deficiência motora. MÉTODO: 22 sujeitos de 7 a 10 anos, de ambos os sexos, foram selecionados por similaridade de características funcionais e divididos aleatoriamente em dois grupos: CD (com dicas) n= 11 e SD (sem dicas) n= 11. Os grupos CD e SD desenvolveram os procedimentos metodológicos 1 (PM1 com direcionamento de atenção através do uso de dicas de aprendizagem) e 2 (PM2 sem direcionamento de atenção) respectivamente, durante 2 semanas com freqüência de 2 sessões semanais e duração de 50 minutos cada. Foram realizados pré-testes, pós-testes e testes de retenção com os seguintes instrumentos: teste de identificação das partes do corpo, teste de percepção cinética e teste de percepção crítica das partes do corpo. Foram utilizados a análise de variância multivariada MANOVA e o teste de comparações múltiplas de Tukey para analisar possíveis diferenças significativas. RESULTADOS: Os resultados indicaram diferenças significativas (p< 0,01) com superioridade de aproveitamento do grupo CD nas variáveis de percepção cinética e de percepção crítica das partes do corpo. CONCLUSÃO: Esses resultados sugerem que a seletividade de atenção pode contribuir para o desenvolvimento da percepção corporal em crianças com deficiência motora. Palavras-chave : aprendizagem; atenção; percepção de movimento; criança com deficiência motora.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.