Influência do Tamanho da Turma nas Mudanças da Atividade Física Numa Disciplina de Atividade Física e Saúde

Por: Angela B., Bernie Goldfine, , e Mitchell A. Collins.

Revista Portuguesa de Ciências do Desporto - v.3 - n.1 - 2003

Send to Kindle


Resumo

RESUMO Influência do tamanho da turma nas mudanças da atividade física numa disciplina de atividade física e saúde Objetivo - O objetivo deste estudo foi determinar se o tamanho da turma numa disciplina sobre atividade física e saúde influencia a mudança nos níveis de atividade física habitual de universitários da Kennesaw State University, na Geórgia, EUA. Métodos - Um questionário foi aplicado a 653 estudantes matriculados em turmas pequenas (~40 alunos) ou grandes (~100 alunos) de uma disciplina de formação geral sobre atividade física e saúde (experimental pequena, EP, ou experimental grande, EG). Um grupo controle foi formado por alunos que não freqüentavam tal disciplina. Os dados foram analisados utilizando ANOVA e teste do Qui-quadrado. Resultados - Depois de 15 semanas de aulas (um semestre letivo), observou-se que as turmas com menos alunos promoveram mudanças de comportamento (atividade física) mais efetivas. Quando os dados foram agrupados, refletindo o atendimento ou não aos critérios mínimos de referência de atividades físicas, as turmas pequenas (EP) tinham uma proporção significativamente maior de sujeitos que atendiam a esses critérios (p<0,5): 150+ minutos/semana (EP=14,6%; EG=5,3%); 450+ MET.minutos/semana de atividade física (EP=17,3%; EG=4,6%). Para os sujeitos classificados nos estágios de mudança de comportamento considerados ativos (ação e manutenção), somente o EG teve mudança significativa após o semestre (+7,4%; p<0,05). Para o grupo EP, a variação observada foi de +9,6% (p<0,66). Quanto ao nível de satisfação com as atividades físicas, não se observou diferença entre os grupos. Conclusões - Os resultados deste estudo permitem concluir que o tamanho da turma, numa disciplina geral sobre atividade física e saúde, ministrada durante um semestre letivo (15 semanas) parece influenciar as mudanças nos níveis de atividade física. Assim, se um dos objetivos principais de disciplinas como esta for aumentar a participação dos universitários em atividades físicas, seria adequado limitar o número de alunos por turma. Palavras-chave: estudos de intervenção, mudança de comportamento, exercício, atividade física.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.