Influência de Um Programa de Atividades Físicas de Longa Duração Sobre Sintomas Depressivos em Idosas

Por: Alessandra Castro de Paiva, Edison Duarte, José Rubens Rebelatto e Vanessa Helena Santana Dalla Déa.

Pensar a Prática - v.12 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Este estudo avaliou a influência de um programa de atividades físicas de longa duração nos sintomas depressivos de idosas depressivas e não depressivas. Participaram 40 mulheres, com idades entre 60 e 80 anos (Média 66,8 e DP 7,03). Foi aplicada a Escala de Depressão para Idosos antes de iniciar a atividade física e após um ano. Os dados indicam que houve diminuição nos estados depressivos dos sujeitos com e sem depressão com idade entre 60 e 70 anos. Evidenciam também que o estado depressivo dos sujeitos com idade entre 70 e 80 anos permaneceu estável. Os resultados permitem concluir que a prática da atividade física influenciou positivamente no estado de depressão das idosas participantes.

Endereço: http://revistas.ufg.br/index.php/fef/article/view/7425

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.