Inovações Para a Gestão de Legados: Governança Olímpica e Repositório de Conhecimentos

Por: e .

O Futuro dos Megaeventos Esportivos. Inovações Pós Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016.

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo parte da constatação comum de que a governança dos megaeventos esportivos vive o desafio de articular um modelo de negócio que satisfaça simultaneamente a valoração dos empreendimentos – “legados” no caso presente - para o licenciador (entidades promotoras) e para os licenciados (países/cidades-sede). Em outras palavras mais afetas à passada Copa 2014 (Brasil) e  aos futuros Jogos Olímpicos 2016 (Rio de Janeiro), tanto aFIFA como o Comitê Olímpico Internacional-COI têm buscado manter suas exigências sobre a efetivação de legados nas condições inicialmente contratadas com cidades-sede dos grandes eventos, como também estas últimas atribuem valor por critérios distintos aos mesmos legados, sejam entregues ou em vias de disponibilização.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.