Inovações Tecnológicas e Científicas II a Renovação Científica do Futebol Brasileiro na Copa de Mundo de 1970 – México

Por: Marcos Santoro.

Atlas do Esporte no Brasil.

Send to Kindle


Resumo

As inovações científicas geralmente dependem de meios de difusão adequados e de ambientação social receptiva à mudança, na área em que se define cada criação. O método Altitude Training constitui um exemplo de destaque à luz desta conceituação em termos do esporte brasileiro, no final da década de 1960. Naquela época, a pretensão inicial do novo método foi a de melhorar a capacidade física dos atletas em geral, mas terminou por renovar o futebol brasileiro, ao impor bases científicas às novas formas de treinamento físico. Antes, prevalecia no esporte mais popular do país o empirismo, o casuísmo e o mito da superioridade atlética do jogador brasileiro em sua preparação física. Porém, diante das dificuldades então propaladas quanto à realização da Copa do Mundo de 1970, na cidade do México, a 2.240 metros de altitude, gerou-se um clima favorável à assimila- ção de novas formas de trabalho, mais dependentes de medições e controle, e menos de crenças. As bases para este avanço foram desenvolvidas no Brasil, e posteriormente no México, pelo professor de Educação Física Lamartine Pereira DaCosta, partindo de experimentos de campo a partir de 1964, com o objetivo de preparar atletas brasileiros para competições internacionais, sobretudo para os Jogos Olímpicos de 1968, realizados na Cidade do México.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.