Insatisfação com a Imagem Corporal de Meninas de 11 a 14 Anos de Idade

Por: Dalmo Roberto Lopes Machado, , Paula Bortoluzzi de Carli e Pedro Pugliesi Abdalla.

Caderno de Educação Física e Esporte - v.14 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi analisar a satisfação com a imagem corporal entre meninas de diferentes grupos etários de um colégio privado de Marechal Cândido Rondon - Pr. A amostra foi constituída por 82 meninas, com idades entre 11 e 14 anos. Medidas antropométricas de massa corporal e estatura foram obtidas para a determinação do índice de massa corporal (IMC) para classificação do estado nutricional. A escala da silhueta de Kakeshita (2008) foi utilizada para avaliar a satisfação da imagem corporal. As comparações entre classificações do IMC, satisfação com a imagem corporal e o desejo de alteração da silhueta foram realizadas com o teste binomial para todas as idades. Para as comparações dessas variáveis entre grupos etários, recorreu-se ao teste do Qui-quadrado (χ2) de comparação de proporções. Todas as análises foram realizadas com nível de significância previamente estabelecido (α=0,05). Os resultados mostraram que 63,8% das meninas estudadas se encontravam com o IMC dentro do esperado e apenas 36,2% apresentaram excesso de peso (p=0,001) ou obesidade (p<0,001). Mesmo assim, 81,7% (p<0,001) delas mostraram-se insatisfeitas, sendo que destas, 91% (p<0,05) desejavam estar com silhuetas menores, especialmente dentre as mais velhas (p<0,001). O estudo indicou forte tendência de as meninas apresentarem insatisfação cada vez maior da sua imagem corporal à medida que avançam na idade adolescente.

Endereço: http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/14975

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.