Insatisfação com o Peso e a Massa Corporal em Estudantes do Ensino Fundamental e Médio do Sexo Feminino no Município do Rio de Janeiro

Por: Alexandre Palma de Oliveira, Fabiana Resende, Jéssica Pronestino de Lima Moreira, Monique Assis, Nilda Teves e Rodrigo Sant’anna Marque.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.35 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi verificar a prevalência de insatisfação corporal entre adolescentes do sexo feminino na cidade do Rio de Janeiro. Foram investigadas 2.149 estudantes do sexo feminino, entre 14 e 18 anos de idade. Foram aferidos os pesos, estaturas e índices de massa corporal (IMC) informados e desejados. A insatisfação corporal foi considerada de dois modos: a) através do desejo de modificar o IMC; e, b) o desejo de alterar o peso corporal em valor superior a 10% do peso informado. Do total investigado, 93,58% expressaram o desejo de modificar o IMC. Foi possível observar, ainda, que 42,48% manifestaram insatisfação com o peso. É possível concluir, então, que as adolescentes investigadas manifestaram tendência à insatisfação com o peso corporal.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/1216

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.