Intensidade Moderada é o Estímulo Mais Adequado Para Induzir Potência de Quadriceps em Idosos

Por: Arnaldo José Hernandez, Bruno Mezêncio, Jéssica Bonato, João Pedro Pinho, Rafael Soncin e Wellington Masuko.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.24 - n.3 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A melhor estratégia para melhorar a potência dos extensores do joelho, principal indicador da capacidade funcional em idosos, é o treinamento de força. No entanto, a intensidade do treinamento exigida para induzir a maiores benefícios ainda não é conhecida. Objetivo: Nosso objetivo consistiu em comparar as respostas de potência máxima dos extensores do joelho entre as condições de carga baixa, moderada e de alta intensidade (30%, 50% e 70% de uma repetição máxima). Métodos: Treze mulheres idosas sedentárias realizaram seis extensões de joelho em cada condição de carga, sendo calculado o trabalho mecânico/débito de força e a velocidade angular máxima (ou pico) dos extensores do joelho. Resultados: Não houve diferença significativa na potência máxima entre as condições de carga alta ((207,0 ± 68,1 W) e moderada (206,1 ± 71,6 W) (p = 0,994), e ambas apresentaram valores maiores (p ≤ 0,004) do que a condição de baixa intensidade (135,6 ± 56,3 W). Conclusão: A carga moderada a 50% de 1RM parece ser a estratégia preferida para induzir o débito de força dos extensores do joelho, uma vez que quando comparada com a condição de alta intensidade, a carga moderada apresentou um pico de velocidade angular maior, o que também é um indicador funcional. Nível de Evidência II; Estudos terapêuticos – Investigação dos resultados do tratamento

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922018000300230&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.