Interações Sociais de Crianças com Deficiência: Peculiaridades do Conceito Halliwick

Por: Angela Teresinha Zuchetto, Beatriz Dittrich Schmitt, Giandra Anceski Bataglion e John Peter Nasser.

Kinesis - v.33 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desse estudo foi descrever as interações sociais de crianças com deficiênciaem aula utilizando Halliwick. Participaram cinco crianças (nadadores) e nove adultos(auxiliares). A aula foi filmada e as interações sociais foram categorizadas: nadadornadadorou nadador-assistente. Ocorreram 26 interações entre nadador-nadador e 153entre nadador-auxiliar. Houve maior quantidade de interações entre os nadadores eauxiliares devido a falta de independência das crianças na água e conseqüentenecessidade de auxílio. Conclui-se que as características do conceito Halliwickinfluenciaram as interações uma vez que ele prevê constante contato entre os envolvidospermitindo o estabelecimento de vínculos de confiança e amizade.

Endereço: http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/kinesis/article/view/18227

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.