Interface da Fisioterapia com as Ciências do Esporte

Por: Daniel Ferreira Moreira Lobato.

Arquivos de Ciências do Esporte - v.7 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Embora seja um campo de atuação profissional relativamente novo, perante outras profissões da área da Saúde, a Fisioterapia vem experimentando um crescimento exponencial nas últimas décadas, impulsionado pela atuação de destaque de muitos de seus profissionais, nas mais diferentes especialidades reconhecidas e, cada vez mais, relacionando-se com outros campos de atuação profissional e do conhecimento científico. Neste sentido, não há como abordar a interface da Fisioterapia com as Ciências do Esporte sem mencionar o desenvolvimento de uma de suas especialidades, denominada de Fisioterapia Esportiva, que enfatiza o gerenciamento de cuidados à saúde do indivíduo fisicamente ativo (não necessariamente um atleta) que sofreu (ou não) uma determinada lesão esportiva ou que deseja iniciar/retomar uma demanda relacionada ao esporte

Referências

Mulligan EP, Weber MD, Reinking MF. Competency revalidation study of specialty practice in sports physical therapy. Int J Sports Phys Ther. 2014; 9(7):959-73.

Resende MM, Câmara CNS, Callegari B. Fisioterapia e prevenção de lesões esportivas. Fisioterapia Brasil. 2014; 15(3):219-223.

Mulligan EP, De Vahl J. Sports physical therapy curricula in physical therapist professional degree programs. Int J Sports Phys Ther. 2017; 12(5):787–797.

Weber MD, Thein-Nissenbaum J, Bartlett L, Woodall WR, Reinking MF, Wallmann HW, Mulligan EP. Competency revalidation study of specialty practice in sports physical therapy. N Am J Sports Phys Ther. 2009;4(3):110-22.

Endereço: http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/aces/article/view/3828/3810

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.