Internações Por Condições Sensíveis à Atenção Primária, Minas Gerais, 2000 e 2010

Por: Estela Márcia Saraiva Campos, Luiz Cláudio Ribeiro, Maria Teresa Bustamante Teixeira, Mauro Gomes Bastos-filho e Rita Maria Rodrigues-bastos.

Revista de Saúde Pública - v.48 - n.6 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Analisar taxas de permanência hospitalar e de proporção de óbitos por internações por condições sensíveis à atenção primária em saúde, caracterizando-as segundo cobertura pela Estratégia de Saúde da Família.Trata-se de estudo ecológico que teve como unidade de análise os 853 municípios do estado de Minas Gerais, estratificados pelas 28 regionais de saúde. Foram utilizados dados do Sistema de Informação Hospitalar do Sistema Único de Saúde. As internações por condições sensíveis de 2000 foram comparadas às de 2010. Dados populacionais foram obtidos dos censos demográficos.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0034-89102014000600958&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.