Intervenção Coeducacional Para Ativar Fisicamente Jovens de 10 a 16 Anos no Recreio

Por: Gemma Jimenez Martinez e José Antonio García-pérez.

Lecturas: Educación Física y Deportes - v.24 - n.259 - 2019

Send to Kindle


Resumo

A atividade ou inatividade física dos jovens se torna especialmente importante ao considerar a perspectiva de gênero. Tentar aumentar os níveis de atividade física dos alunos a partir da igualdade de oportunidades para ambos os gêneros deve gerar um pátio escolar ativo e co-educacional. O objetivo do estudo foi conhecer o tipo de atividades realizadas nos pátios, bem como o efeito do gênero dos estudantes na ocupação de espaços e a taxa de participação em jogos e tarefas ativas. Por outro lado, comprovar se uma intervenção focada na superação do sexismo nas escolas modifica a atividade ou inatividade dos meninos e das meninas e a distribuição desigual de espaços escolares, bem como os efeitos a longo prazo dessa intervenção. O estudo foi realizado com uma amostra de 112 discentes (49 meninas e 63 meninos). As áreas do pátio da escola foram reorganizadas para que uma atividade específica fosse realizada em cada espaço. Foram registradas variáveis ​​como o número de meninos e meninas ativos e inativos ou a ocupação das diferentes áreas do pátio da escola em 4 momentos diferentes (antes, durante, uma semana e dois meses após a intervenção). A análise descritiva e os testes do qui-quadrado realizados mostraram que, antes da intervenção, os meninos eram mais ativos que as meninas e dominavam a parte central do pátio escolar com predominância de esportes tipicamente masculinos. A maioria dessas diferenças, que desaparecem durante a intervenção devido ao aumento da atividade feminina, ainda não aparecem na medição a longo prazo, embora, neste caso, como resultado de uma diminuição da atividade em ambos os sexos (principalmente no sexo masculino).

Endereço: https://www.efdeportes.com/index.php/EFDeportes/article/view/1624

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.