Intervenção da Fisioterapia no Tratamento de Linfedema

Por: Cleusa Ema Quilici Belczak, Marcia Aparecida de Oliveira e Sonia Maria Marques Gomes Bertolini.

Arquivos de Ciências da Saúde da Unipar - v.5 - n.2 - 2001

Send to Kindle


Resumo

O linfedema é um quadro patológico de desordem vascular, onde se observa um déficit no equilíbrio das trocas de líquidos a nível de interstício. O papel do sistema linfático é de suma importância devido a suas funções na formação, transporte, e filtração de células linfóides, (anticorpos-ação imunológica), e no equilíbrio circulatório, como reabsorção, e transporte do líquido e da carga protéica excedente do espaço intersticial (COSSÍO, 1987). Um distúrbio neste sistema, leva a um quadro disfuncional que varia de acordo com o fator desencadeante. O método usado pela fisioterapia, atua sobre os trajetos dos vasos linfáticos, seguindo suas correntes derivativas, e promovendo a reabsorção e condução do acúmulo de líquido da área edemaciada, para as áreas normais. Utiliza-se manobras específicas descongestivas manuais (Drenagem Linfática Manual) e mecânicas, seguidas de uma técnica de compressão externa, constituída por bandagens de baixa elasticidade, após a aplicação de pressoterapia pneumática seqüencial, com bota de três ou mais câmaras a 30 mmHg de pressão, na direção de distal a proximal do membro (LEDUC, 1992). Os resultados obtidos com este método, são de evolução bem satisfatória, principalmente se for feito o diagnóstico precoce, iniciando-se prontamente a terapia adequada. Conclui-se que com conhecimento específico da complexa anatomia linfática, (inclusive das importantes vias derivativas), da fisiologia da macro e microcirculação, e sabendo-se mais recentemente que os vasos linfáticos perfurantes atuam como um sistema de segurança em casos de obstrução (CIUCCI, 1997), podemos com base nestes dados, reequilibrar e reduzir o edema. Confirmando então, que a intervenção da fisioterapia se torna indispensável sob o aspecto reabilitador e preventivo nestes casos de patologia circulatória linfática.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.