Itinerante Futebol Clube: a Desconstrução do Torcer e as Relações Entre Clubes e Torcidas

Por: Axandre Francisco Alves e .

Motrivivência - v.29 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Em Minas Gerais, nos últimos anos, três clubes transferiram sua equipe para outros municípios, dentre elas o Ipatinga FC que se transferiu para a cidade de Betim, em 2013, retornando para sua cidade natal ao final do mesmo ano. A proposta deste estudo foi compreender o processo de (des)configuração e (re)configuração do torcer nas cidades de Betim e Ipatinga, e como se estabeleceu a relação das torcidas com o Ipatinga FC / Betim EC. Para tal, aplicaram-se formulários e entrevistas semiestruturadas aos torcedores dos dois clubes. Os resultados, embora distintos nas duas cidades estudadas, apontam para um envolvimento dos torcedores com os clubes enquanto uma opção de lazer e que os mesmos são representativos na forma de expressão dos sentimentos que os torcedores apresentam com seus lugares e territórios.

REFERÊNCIAS

ALVITO, Marcos. A parte que te cabe neste latifúndio: o futebol brasileiro e a globalização. Análise Social, v. 41, n. 179, p.451-74 2006. Disponível em: Acesso em: 26 nov. 2014.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. Lei n. 9.615, de 24 de março de 1998. Institui normas gerais sobre desporto e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9615consol.htm >. Acesso em: 13 de maio 2014.

BRASIL. Lei n. 6.251, de 08 de outubro de 1975. Institui normas gerais sobre desporto e dá outras providências. Disponível em: Acesso em 13 de maio de 2014.

BRASIL. Lei n. 6.354, de 02 de setembro de 1976. Dispõe sobre as relações de trabalho do atleta profissional de futebol e dá outras providências. Disponível em: Acesso em: 25 de fevereiro de 2015.

BRASIL. Decreto-Lei nº 80.228, de 25 de agosto de 1977. Institui normas gerais sobre desportos e dá outras providências. Disponível em: < http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1970-1979/decreto-80228-25-agosto-1977-429375-publicacaooriginal-1-pe.html> Acesso em: 10 de março de 2015.

BRASIL. Lei n. 12.395, de 16 de março de 2011. Altera as Leis nos 9.615, de 24 de março de 1998, que institui normas gerais sobre desporto, e 10.891, de 9 de julho de 2004, que institui a Bolsa-Atleta; cria os Programas Atleta Pódio e Cidade Esportiva; revoga a Lei no 6.354, de 2 de setembro de 1976; e dá outras providências. Disponível em: Acesso em: 23 de março de 2015.

BRASIL. Lei n. 9.940, de 21 de dezembro de 1999. Altera dispositivo da Lei no 9.615, de 24 de março de 1998, que "institui normas gerais sobre desporto e dá outras providências". Disponível em: Acesso em: 12 de março de 2015.

BRASIL. Lei n. 9.981, de 14 de julho de 2000. Altera dispositivos da Lei no 9.615, de 24 de março de 1998, e dá outras providências. Disponível em Acesso em: 19 de fevereiro de 2015.

BRASIL. Lei n. 10.671 de 15 de maio de 2003. Dispõe sobre o Estatuto de Defesa do Torcedor e dá outras providências. Disponível em: Acesso em: 19 de fevereiro de 2015.

CAMPOS, Priscila Augusta Ferreira et al. As determinações do estatuto de defesa do torcedor sobre a questão da violência: a segurança do torcedor de futebol na apreciação do espetáculo esportivo. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, SC, v. 30, n. 1, set. 2008. ISSN 2179-3255. Disponível em: . Acesso em: 21 jun. 2015.

CÉSAR, Benedito Tadeu. Os gaviões da fiel e a águia do capitalismo. 1982, 218 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social), IFCH/UNICAMP / Antropologia Social. Campinas, 1982.

DAMO, Arlei Sander. Produção e consumo de megaeventos esportivos – apontamentos em perspectiva antropológica. Escola Superior de Propaganda e Marketing. Revista Comunicação, Mídia e Consumo, São Paulo, v. 8, n. 21, p.67-92, 2011.

DAOLIO, Jocimar. Cultura: educação física e futebol. 3. ed. rev. São Paulo: Unicamp, 2006.

DUARTE, Haroldo Augusto da Silva Teixeira. Comentários às disposições de responsabilidade civil da Lei n. 10.671/03. (Estatuto de Defesa do Torcedor). Jus Navigandi, Teresina, v. 9, n. 206, 28 jan. 2004. Disponível em: . Acesso em: 24 jan. 2015.

GASTALDO, Edison. Uma arquibancada eletrônica: reflexões sobre futebol, mídia e sociabilidade no Brasil. Revista de antropologia social, Campos, v. 6. p. 113-123, 2005.

HELAL, Ronaldo. Passes e impasses: futebol e cultura de massa no Brasil. Rio de Janeiro: Vozes, 1997.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade, Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Atlas, 2007.

MEZZADRI, Fernando. As possíveis interferências do estado na estrutura do futebol brasileiro. In: RIBEIRO, Luiz (Org.). Futebol e globalização. Jundiaí: Fontoura, 2007.

NASCIMENTO, Antônio Rodrigues. Futebol e relação de consumo. Barueri: Manole, 2013.

PRONI, Marcelo Weishaupt. Esporte-espetáculo e futebol-empresa. 1998, 275f. Tese (Doutorado em Educação Física) - FEF, Campinas, 1998.

REVISTA Placar, n. 1.046, 06 de julho de 1990, p. 19 Disponível em:< http://books.google.com.br/books/about/Placar_Magazine.html?hl=pt-

BR&id=d56JbaWqaTQC> Acesso em: 12 set. 2014.

SILVA. Silvio. R. Tua imensa torcida é bem feliz: da relação do torcedor com o clube.2001. 142 f. Tese (Doutorado em Educação Física) "

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2017v29nespp18

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.