Jogar Jogos Eletrônicos: Que Lazer é Esse?

Por: Cláudio Lúcio Mendes.

Licere - v.8 - n.1 - 2005

Send to Kindle


Resumo

Este artigo apresenta uma discussão sobre os jogos letrônicos como artefatos de entretenimento e lazer. Para desenvolver tal discussão levou-se em conta duas questões centrais: Como nós, seres humanos, somos chamados a participar, como jogadores, desse campo de entretenimento e lazer? Como nos tornamos jogadores de jogos eletrônicos? Ambas foram construídas com base em teorizações foucaultianas sobre a noção de governo. Com base nisso, os jogos eletrônicos foram analisados com base em três categorias: a constituição das comunidades de jogadores; o desenvolvimento das histórias e narrativas; e, a elaboração das personagens. Baseado nessas categorias, estão presentes nos jogos percepções do que é ou deveria ser um jogador de um campo de entretenimento e lazer específico. Contudo, os jogadores vão se constituindo como tal das mais diversas formas. As relações de poder, dinâmicas e em constante movimento, vão sempre produzir novos tipos de jogadores e novas formas de entretenimento e lazer.

Endereço: http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/resumos/licereV08N01_a2.html

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.