Jogo, Brincadeira e Pratica Reflexiva na Formação de Professores

Por: Lúcia Maria Salgado dos Santos Lombardi.

193 páginas. 2005 23/06/2005

Send to Kindle


Resumo

A presente pesquisa investigou qual a contribuição de metodologias lúdico-reflexivas para a formação inicial de professores. Para realizar a investigação deste problema o trabalho foi composto por um estudo de caso e pesquisa participante. No primeiro capítulo é feita uma conceituação de saberes docentes desenvolvidos por meio da perspectiva lúdica. Os conceitos atribuídos foram apreendidos de Saviani (saber atitudinal), de Guenther (talento psicossocial), de Rios (dimensão estética), de Chantraine-Demailly (competência relacional), de Gardner (inteligência interpessoal), de Polanyi e Schön (conhecimento tácito) e do grupo Guenther-Lent-Damásio (percepção). Somados a estes saberes está também o saber-refletir, o qual é revelado pelos procedimentos de reflexão constantes e coletivos, realizados durante a formação lúdica dos professores. Estes processos de prática reflexiva são analisados nos capítulos segundo e terceiro. Foram analisados no capítulo dois os métodos de Jogos Teatrais, de Viola Spolin e Jogos Teatrais Brechtianos, de Ingrid Koudela, e a conexão destes com o conceito de Professor Reflexivo. No capítulo terceiro é apresentada a análise da pesquisa de campo, feita na disciplina Brinquedos e Brincadeiras na Educação Infantil, ministrada pela Profª. Drª. Tizuko Morchida Kishimoto, no curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da USPA presente pesquisa investigou qual a contribuição de metodologias lúdico-reflexivas para a formação inicial de professores. Para realizar a investigação deste problema o trabalho foi composto por um estudo de caso e pesquisa participante. No primeiro capítulo é feita uma conceituação de saberes docentes desenvolvidos por meio da perspectiva lúdica. Os conceitos atribuídos foram apreendidos de Saviani (saber atitudinal), de Guenther (talento psicossocial), de Rios (dimensão estética), de Chantraine-Demailly (competência relacional), de Gardner (inteligência interpessoal), de Polanyi e Schön (conhecimento tácito) e do grupo Guenther-Lent-Damásio (percepção). Somados a estes saberes está também o saber-refletir, o qual é revelado pelos procedimentos de reflexão constantes e coletivos, realizados durante a formação lúdica dos professores. Estes processos de prática reflexiva são analisados nos capítulos segundo e terceiro. Foram analisados no capítulo dois os métodos de Jogos Teatrais, de Viola Spolin e Jogos Teatrais Brechtianos, de Ingrid Koudela, e a conexão destes com o conceito de Professor Reflexivo. No capítulo terceiro é apresentada a análise da pesquisa de campo, feita na disciplina Brinquedos e Brincadeiras na Educação Infantil, ministrada pela Profª. Drª. Tizuko Morchida Kishimoto, no curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da USP

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-18082010-153930/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.