Jogo, Educação Física e Educação Integral

Por: Raquel Wandscheer.

161 páginas. 2017 23/02/2017

Send to Kindle


Resumo

No contexto tecnológico em que a sociedade está inserida o conhecimento vem ganhando cada vez mais espaço na formação humana, provocando no meio educacional preocupação em abordar questões relevantes para o desenvolvimento humano e cidadania do aluno. Nessa perspectiva, muitas ações vêm sendo direcionadas para a Educação Integral na intenção de compreender o educando em sua forma biopsicossocial. A Educação Física por sua vez, como parte integrante desta proposta, tem se inserido e desenvolvido um papel relevante ao utilizar estratégias pedagógicas diversificadas e, entre elas, o jogo, na busca de atingir seus objetivos educacionais, promovendo competências, saberes e valores, fundamentais a criança na sociedade. Compreendendo sua relevância e todos os cuidados éticos, o estudo buscou analisar as implicações pedagógicas do jogo na intervenção do professor de Educação Física na Educação Integral do Programa Mais Educação nas escolas do Extremo Oeste Catarinense. Nessa direção, optou-se por uma pesquisa exploratório-descritiva qualitativa bietápica, composta por 5 participantes. As etapas do estudo compreenderam observações e entrevistas. Os dados foram trabalhados nos programas computacionais Windows Movie Maker e software Nvivo versão 11.0, onde foi aplicada a técnica de análise de conteúdo de Bardin (2011). Com relação a análise das observações das oficinas, podemos destacar que diferentes jogos foram trabalhados, sendo os mesmos agrupados em cinco categorias, conforme suas características cinéticas: Jogos de pegar; Jogos de transpor e saltar; Jogos rítmicos; Jogo de equilíbrio; Jogos com bola. Em cada um dos agrupamento foram destacados os principais valores desenvolvidos nas competências/saberes: cognitiva/conhecer; produtiva/fazer; social/conviver; pessoal/ser; motora/mover. Sobre as entrevistas, concluiu-se que os professores de Educação Física atuantes no Programa Mais Educação tem concepções diversas sobre a Educação Integral, não tendo conhecimento claro da proposta do programa, mas vindo a considerá-lo importante para o desenvolvimento do aluno. Não receberam nenhuma formação formal para a atuação, apenas orientações por meios informais (reuniões e conversas). Em suas atuações utilizam-se de diferentes estratégias para atingir seus objetivos como o treinamento, o jogo, a brincadeira e a metodologia crítica-emancipatória. Referente ao jogo, possuem concepções distintas considerando-os atividades com regras, adversários, interação e ludicidade, compreendendo-o como fundamental para o aluno ao propor desenvolvimento de diferentes aspectos, sendo possívelinfluenciar a vida de cada aluno. Apontam receber apoio institucional das mais diferentes formas e que os alunos participam de forma significativa nos jogos desenvolvidos. Relacionado ao desenvolvimento do jogo os docentes não apontam dificuldades, apenas com relação a aspectos estruturais, materiais e disparidade de idade e gênero nos grupos atendidos. A partir dos achados pode-se afirmar inicialmente que o jogo contribui de forma significativa para o desenvolvimento de competências, saberes e valores do aluno consolidando-se como estratégia fundamental e indispensável ao fazer pedagógico do professor de educação física no Programa de Educação Integral.

Endereço: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/180411

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.