Send to Kindle


Resumo

Os jogos eletrônicos têm sido um dos principais meios de acesso de jovens à tecnologia no Brasil, provocando novas experiências e sentidos às práticas sociais. O objetivo deste trabalho é identificar a percepção de jovens acerca da experiência com jogos eletrônicos de movimento com temática esportiva. Metodologia: foram investigados 30 jovens estudantes de uma escola pública na região central do Brasil, sendo eles divididos em 3 grupos. Cada grupo participou de 10 sessões de experiência, de 3 horas cada, com os jogos eletrônicos de movimento com a temática esporte. Durante as sessões, as falas dos jovens sobre as experiências eram registradas em diário de campo do pesquisador. Resultados: a partir das falas dos jovens a experiência com os jogos eletrônicos de movimento emerge como uma experiência mediada e singular. Ela é mediada porque se interpõe entre sujeito e objeto, neste caso entendidos como as pessoas e os esportes, e é singular, porque o meio é, também, a própria experiência. Assim, não se trata unicamente de uma experiência indireta, mas de uma experiência propriamente dita, ainda que de forma ambígua tenha sido produzida como simulação. Conclusões: a percepção dos jovens indica um alargamento conceitual, onde a compreensão do esporte é expandida pelas experiências com a tecnologia. A experiência com os jogos eletrônicos de movimento são incorporadas pelos praticantes investigados de forma ambígua, como mais uma expressão (modalidade) do fenômeno (esporte) que simulam, sem que percam de vista a ideia de que é uma experiência mediada.

Endereço: http://www.fade.up.pt/rpcd/entradaPT.html

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.