Send to Kindle


Resumo

A mobilização indígena através dos Jogos Mundiais Indígenas foi um grande marco sociológico e político para o Brasil em 2015. Realizado na cidade de Palmas, estado de Tocantins, reuniu 24 etnias brasileiras, 23 delegações de outros países, 1129 atletas indígenas brasileiros, 566 atletas indígenas internacionais, 250 pessoas participaram dos jogos como voluntários e, 300 jornalistas nacionais e de outros países fizeram a cobertura do evento. A programação constou de jogos de integração, jogos de demonstração, e, finalmente os jogos ocidentais, além de cantos, danças e lançamento de livros. A discussão sobre os legados e a importância das articulações dos irmãos Terena foi fundamental para a reflexão sobre o tema.

Endereço: http://museodeljuego.org/athlos-revista/athlos-no-10/jogos-mundiais-dos-povos-indigenas-um-sonho-que-realiza/

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.