Judô: Crítica Radical

Por: Francisco Mauri de Carvalho Freitas.

Motrivivência - v.1 - n.2 - 1989

Send to Kindle


Resumo

0 judô, como os outros desportos, escondido no seu apolitiquismo, coadjuva o processo de inculcação e internalização de um dado comportamento, absolutamente indispensável a reprodução social. Longe de favorecer o inter-relacionamento entre as crianças necessário a "socialização" para a outrificação social, o judô tem sido utilizado como meio de socialização às verdades absolutas do anacronismo social brasileiro. Por outro lado, alguns professores (Senseis) tem apresentado o judô como um paradigma de uma sociedade alienígena, que precisa disseminar-se no âmago da sociedade brasileira para reforçar o quadro de perda de identidade cultural pela qual está passando.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/19401

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.