Karate GŌjŪ-ryŪ no Rio Grande do Sul: Revisitando a Vida de Akira Taniguchi

Por: Eduardo Klein Carmona, e Josiana Ayala Ledur.

Recorde: Revista de História do Esporte - v.6 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O desenvolvimento do Karate, no cenário esportivo sul-rio-grandense contou com a ação de pioneiros vindos do Japão para o Brasil, na década de 1970. Entre eles, se destacou o imigrante japonês Akira Taniguchi, mestre do estilo Gōjū-ryū (escola da força e flexibilidade). O objetivo do presente estudo foi reconstruir as memórias do sensei Akira Taniguchi, desde sua chegada ao Estado do Rio Grande do Sul no ano de 1974 até o final da década de 1980, quando retornou ao Japão. Sabe-se que o Karate por sua tradição cultural, estabelece uma relação muito forte entre a arte e o seu mestre, que instrui seus alunos em aspectos técnicos e de conduta. Nesse sentido, por meio de documentos e testemunhos de pessoas que conviveram com o sensei Akira, buscou-se estabelecer uma relação entre o estilo e o mestre. Evidenciou-se que a influência do sensei Akira possibilitou que seu estilo figure hoje entre os mais praticados em Porto Alegre.

Endereço: http://www.revistas.ufrj.br/index.php/Recorde/article/view/662

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.