Karatê no Rio Grande do Sul

Por: Gabriel Bezerra de Oliveira e .

Atlas do Esporte no Rio Grande do Sul.

Send to Kindle


Resumo

O Karatê é uma arte marcial originada a partir das técnicas de defesa pessoal sem armas de Okinawa – Japão, e tem como base a filosofia do Budo japonês. O Karatê de torneio é um jogo de reflexos que exige timing, velocidade, técnica, estratégia, camaradagem e controle, em que prevalecem honra, lealdade e senso de compromisso. Em 1970, o Karatê esportivo começou a crescer no Rio Grande do Sul. Ele chegou ao estado por intermédio de Luís Watanabe (Shotokan), Takeo Suzuki (Wado-Ryu) e sensei Akira (Goju-Ryu). No mesmo ano foi criado o departamento de Karatê junto a Federação Gaúcha de Pugilismo - FRGP. A FGK, ou seja: a Federação Gaúcha de Karatê, foi criada quase vinte anos depois, com o intuito de dirigir, organizar campeonatos e promoverr o Karatê no RS. O projeto “Karatê além do esporte” começou no final de 2003 e até 2004 já existia 1100 crianças pobres aderindo ao programa em todo o estado. De 2004 em diante, o Karatê no RS, tendo contato com o sistema de treinamento Francês, começou a vencer competições nacionais e internacionais seguindo assim sempre conquistando um lugar na equipe brasileira. Em tempos recentes, com a expansão de competições ao longo do ano, o Karatê passou de competições intermunicipais a um tipo de Olimpíadas estaduais

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.