Latu Sensu na Educação Física Escolar e as Atividades de Aventura

Por: Alexander Klein Tahara e .

IX Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana XV Simpósio Paulista de Educação Física

Send to Kindle


Resumo

A temática referente às atividades de aventura vem consolidandose junto à comunidade científica e não poderia ser diferente em relação à Educação Física, onde muitas instituições de ensino superior possuem disciplinas com tal conteúdo dentro de suas grades curriculares. O objetivo desta pesquisa, de natureza qualitativa, foi perceber a visão de professores que participaram do curso de Pós Graduação (Latu sensu) em Metodologia da Educação Física e Esporte, no módulo de Atividades de Aventura, em uma Universidade Estadual na Bahia, acerca da importância da referida disciplina para sua atuação profissional dentro do âmbito escolar. O instrumento utilizado para coleta de dados foi um questionário aberto aplicado a 106 sujeitos, de ambos os sexos, faixa-etária de 23 a 58 anos, sendo todos professores de Educação Física da rede municipal, estadual e particular de ensino. Convém ressaltar que alguns desses sujeitos responderam em mais de um dos indicadores em cada uma das questões. Os dados foram analisados descritivamente, através da técnica de Análise de Conteúdo Temático e, indicam que 45 alunos acreditam que seja muito importante discutir essa temática dentro do curso e aprender sobre estas modalidades que só há pouco tempo passaram a ser mostradas frequentemente em meio acadêmico, ao passo que 33 indivíduos realçam a importância pelo fato de que tais modalidades, por serem a maioria praticadas em contato direto com a natureza, possibilita um (re)pensar mais constante sobre assuntos ligados à educação ambiental. No que tange à atual ação profissional, 58 discentes veem chances de inserir em seus âmbitos de trabalho na área da Educação Física esta temática das Atividades de Aventura, levando seus alunos à diversificação de experiências com estas possibilidades de práticas. Pelo fato da região cacaueira possuir boas condições naturais para as vivências, 25 indivíduos percebem maneiras bem viáveis para implantar as atividades de aventura e o contato com o meio natural facilmente em suas futuras propostas e planos de aula, valorizando e cuidando da região onde moram. Pelo exposto acima, percebese que tal disciplina pode ser enriquecedora para alunos do curso de Latu sensu em Metodologia da Educação Física e Esporte, onde há o despertar para assuntos importantes como a educação ambiental, relação homem-natureza e vivência de novas práticas corporais e experiências significativas através das atividades de aventura, no sentido de permitir aos discentes um repensar suas atuais práticas pedagógicas dentro das escolas onde lecionam.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/10060/10060

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.