Lazer e Aposentadoria: Relações e Significados

Por: Kátia Cristina Calegari.

1997 18/06/1997

Send to Kindle


Resumo

Este estudo busca compreender a relação lazer e aposentadoria. Especificamente, procura perceber as concepções de velhice, aposentadoria e lazer de idosos aposentados, segundo suas próprias vivências. A pesquisa teve caráter exploratório, valendo-se de investigação bibliográfica, documental e de relatos orais. Os sujeitos pesquisados foram idosos aposentados de ambos os sexos, dirigentes, funcionários e voluntários vinculados à Associação dos Aposentados de Campinas e Região (AACR). O trabalho foi estruturado na forma de "estudo de caso", buscando observar como se manifestam as questões do lazer no interior da Instituição. O estudo revelou que a velhice não é uma identidade totalizante pois os sujeitos não se definem como idosos em todos os momentos de suas vidas. A entrada na aposentadoria, por sua vez, não significa uma grande transformação em termos de vivências no campo do lazer, ou seja, o lazer não é o norteador da vida dos aposentados. A pesquisa demonstrou que, mesmo em condições financeiras nem sempre favoráveis, há escolhas na esfera do lazer. Na condição de aposentados, há algo para além da ocupação do "tempo desocupado" das atividades de trabalho, ou da "sensação de utilidade" em decorrência da "inutilidade". o grupo tem acesso ao mercado turístico da cidade negociado por meio da Instituição, praticam jogos de mesa, freqüentam teatros e cinemas, e usufruem de outros momentos de lazer vivenciados no cotidiano dos seus lares e no universo familiar. A relação existente entre lazer e aposentadoria é mediada pelos significados inerentes à essas duas esferas da vida dos sujeitos.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000213341&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.