Lazer e Deficiência Mental: o Papel da Família e da Escola em Uma Proposta de Educação Pelo e Para o Lazer.

Por: Silvana Maria Blascovi Assis.

124 páginas. 1995

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivos discutir os temas lazer e deficiência mental, propondo que a educação pelo e para o lazer seja considerada na área da educação especial. Consideramos fundamentais as participações da família e da escola neste processo e procuramos identificar e discutir seus papéis na promoção do desenvolvimento e da integração social do deficiente mental através das atividades de lazer. Os dados foram coletados durante o período de 1990 até 1994, na Fundação Síndrome de Down – Campinas, SP, junto a um grupo de 18 crianças e adolescentes com Síndrome de Down, suas respectivas famílias e profissionais envolvidos no atendimento desta população em atividades escolares e extra-escolares. Os resultados indicam que as atividades de lazer podem contribuir para o desenvolvimento destas pessoas e para a sua integração social, sendo fundamental um trabalho conjunto entre a escola e a família. Constatamos também, que há necessidade de um trabalho de suporte e orientação às famílias para que elas possam conscientizar-se de seu papel na educação do filho deficiente. Sugerimos uma reavaliação na formação dos profissionais das diversas áreas que atuam junto à população de deficientes mentais, para que estes tenham uma visão mais globalizante sobre o desenvolvimento e a educação destas pessoas.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=841&listaDetalhes%5B%5D=841&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.