Lazer e Engajamento no Trabalho em Docentes-pesquisadores de Universidades Federais

Por: Valéria Teresa Moreira de Almeida.

76 páginas. 2016 27/09/2016

Send to Kindle


Resumo

O objetivo geral da pesquisa foi investigar o lazer e o engajamento no trabalho de docentes-pesquisadores de universidades federais. Como um estado mental disposicional de intensa conexão e prazer na realização da atividade laboral, o engajamento no trabalho revela reflexos positivos sobre a saúde psicológica dos trabalhadores. Quanto ao lazer, ainda que se reconheça, em algumas pesquisas, que sua ausência contribui para redução do nível de qualidade de vida e bem-estar, a avaliação sobre seu papel na saúde psicológica carece de maior investigação. Este estudo apresenta os resultados obtidos em uma amostra de 35 docentes-pesquisadores em regime de dedicação exclusiva de universidades federais brasileiras e bolsistas de produtividade do CNPq. Foram 22 homens e 13 mulheres, com média de idade de 31 anos. Para a coleta de dados foram utilizados os instrumentos Questionário Sociodemográfico; Escala de Engajamento no Trabalho na versão brasileira de Magnan, Vazquez, Pacico & Hutz; Questionário sobre aspectos relacionados ao lazer. Os resultados revelam que as questões relacionadas ao tempo de trabalho e de lazer, no que se refere à docência, estão intrinsecamente relacionadas ao que os participantes consideram como vivências significativas no seu cotidiano laboral e pessoal, bem como pela busca pelo equilíbrio entre estas instâncias. 

Endereço: http://www.eeffto.ufmg.br/eeffto/pos_graduacao/estudos_do_lazer_mestrado__doutorado/defesa/524/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.