Lazer e Oligarquia: Alguns Traços Econômicos e Políticos na América Latina

Por: Armando Acuña Pineda.

Impetus - v.9 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Este texto tem como objetivo fazer um argumento baseado na tese de que na formação dos Estados modernos em diferentes países da América Latina, a forma política social que emergiu foi a dominação oligárquica, e em grande parte expressa através da lazer, embora o que foi criado além do lazer foi uma sociedade ociosa que coincide em grande parte com a origem da propriedade. Neste sentido, a oligarquia é uma "classe política" que desenvolve práticas permanentes de "dominação" e tem como características a concentração de poder, redução da base social, a exclusão da sociedade da maioria "mecanismos de decisão política ", E isso fundamentalmente é" coercivo ". Que a partir de uma concepção de lazer gerou dispositivos para concentrar seu poder e dominação.

Endereço: http://revistaimpetus.unillanos.edu.co/impetus/index.php/Imp1/article/view/148

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.