Lazer, Natureza e Globalização: Algumas Reflexões Sobre Temas Que Se Renovam e Se Consolidam

Por: .

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Mais que nunca, faz-se necessário colocar em prática nosso poder de reflexão e
análise sobre o mundo e tudo que o cerca. O lazer pode ser um interessante ponto
de partida para aguçar a compreensão das mais variadas relações que se estabelecem,
a cada dia, entre os seres humanos, desde que não seja considerado isoladamente,
mas em profunda relação com outras esferas da vida. Novos olhares e significados
regem a contemporaneidade, demarcando outros referentes, outras emergências, os
quais, por um lado, apontam para um profundo empobrecimento humano, mas,
por outro, podem dar pistas de relações pautadas na ética e no respeito com a vida.
Pensar os processos da globalização e da mundialização da cultura, e suas respectivas
repercussões no trabalho e no cotidiano das pessoas, permite melhor visualização
das novas configurações do lazer na contemporaneidade. Neste sentido, este trabalho,
de natureza qualitativa, trata-se de uma reflexão, a partir de diálogos com autores de
diferentes áreas do conhecimento, sobre o fenômeno lazer e suas relações com a
globalização. As viagens e as atividades de aventura na natureza foram aqui eleitas
como práticas de lazer, demarcando expressões de um mundo globalizado, o qual se
mostra complexo e contraditório. Sob diversos aspectos, a globalização confere
novos significados às sociedades. Em termos de uma sociedade mundial, o indivíduo
se constitui e se desenvolve em novas e diferentes condições sociais, econômicas,
políticas e culturais. Neste processo de socialização, o lazer tende a ser um elemento
fundamental, podendo ser compreendido como um universo de significação potente
o bastante para reconfigurar as práticas cotidianas. A partir dele, as pessoas se
reconhecem umas às outras, sendo capazes de construir suas identidades e seus
dinamismos. Tanto quanto procurar forças políticas, econômicas e sociais, capazes
de contribuir na criação e no fornecimento de condições para que o lazer possa,
efetivamente, existir e ser desfrutado, precisamos recuperar a essência do significado
do que chamamos de lazer. Este, mais do que nunca se mostra fortemente
comprometido com a preservação da natureza; devendo, portanto, relacionar-se a
um novo modelo de vida, baseado na sensibilidade e no afeto para com todas as
formas de vida. Por sua vez, as atividades de aventura, como formas lúdicas, criativas
e contestadoras podem ser melhor entendidas nesse espaço/tempo de lazer, no
qual a natureza parece estar, de alguma forma, sendo exaltada.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/78_Anais_p447.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.