Lazer Terapêutico: Pesquisa-Ação com Trabalhadores de Serviços de Saúde Mental, álcool e Outras Drogas

Por: Cassia Baldini Soares, Célia Maria Sivalli Campos e .

Movimento - v.26 - 2020

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: Compreender as representações cotidianas de trabalhadores da saúde mental sobre lazer, drogas e educação. Método: pesquisa-ação emancipatória, desenvolvida em dez oficinas, com 11 participantes de serviços de saúde mental. A análise baseou-se na teoria das representações cotidianas. Resultados: A mentalidade dominante, relativa a consumidores de drogas e à educação nessa área, mostrou-se conservadora e proibicionista. O lazer terapêutico tradicionalmente usado nos serviços foi representado criticamente como método de controle dos usuários. Conclusões: Sugere-se a adoção de oficinas educativas de lazer de caráter emancipatório em serviços de saúde mental, álcool e outras drogas.

Endereço: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/90105

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.