Lesão, Plasticidade e Reabilitação do Sistema Muscular

Por: Alexandre Gomes Cavallieri e Rodrigo Santiago Barbosa Rocha.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.15 - n.2 - 2007

Send to Kindle


Resumo

É importante dizer que não há adaptação do tecido muscular sem que ocorra lesão. Plasticidade muscular é a capacidade do tecido se adaptar a diferentes situações impostas. Imediatamente após a lesão ocorre a proliferação de células inflamatórias as quais desencadeiam uma série de fatores com um único objetivo de reparação tecidual. A incidência de recidivas de lesões musculares é bastante comum, significando cerca de 30,6%, o que pode ser evitado com um tratamento preciso e imediato. Com base no que foi dito anteriormente o objetivo desta revisão é o de investigar os tipos de lesão muscular e os eventos celulares que ocorrem na lesão muscular, bem como definir a importância do diagnóstico e do tratamento na lesão muscular. Quanto as características das lesões musculares sabe-se que é de extrema importância o conhecimento dos eventos e mecanismos que ocorrem e que levam a lesão muscular, devido o conhecimento sobre tal possibilitar o diagnóstico mais conciso e um tratamento mais preciso, evitando-se assim recidivas de lesões.
 

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/752/755

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.