Lesões em Atletas Juvenis na Pratica Hand Ball

Por: E. A. das V. Júnior, Furtado, M. J. M. Almeida, R. de V. E. e V. M. Rocha.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO
A saúde no esporte é atualmentealvode estudos devido a profissionalização da prática esportiva.

OBJETIVO
Este estudo pretendeu verificar as lesões mais freqüentes, ocorridas em atletas da categoria juvenil da modalidade de Hand Bali, durante o Jogos Escolares do Rio Grande do Norte de 1998, correlacionando-os com o estado psicológico no qual estes atletas se encontravam.

METODOLOGIA
Utilizou-se uma abordagem quantitativa e qualitativa; A população foi constituída de 285 atletas da modalidade de Hand bali, da categoria juvenil; como amostra, 35 atletas que lesionaram-se durante a competição. Como instrumento utilizou-se de um protocolo de avaliação de lesões esportivas, além da observação sistemática com registros descritivos do estado emocional e das condições de treinamentos.

RESULTADOS
Verificou-se que 45,7% da amostra era do sexo feminino e 54,3% do sexo masculino. A idade média dos atletas foi de 16,8 anos, o índice de lesões foi de 18,3%, a área corporal mais acometida foi o tornozelo , correspondendo a 22,2% , sendo a entorse de tornozelo a lesão mais freqüente com 19,4% dos casos. 40% dos atletas encontravamse lesionados antes da competição; 31,4% no mesmo local da atual lesão. Quanto ao aspecto psicológico, 62,8% dos atletas lesionados apresentavam manifestações de estresse antes do inicio das competições, sendo a ansiosidade o padrão maisevidente com 48,6% dos casos.

CONCLUSÃO
As lesões mais freqüentes foram as entorses de tornozelo e que o estresse foi um fator presente e importante de ser considerado na prevenção de lesões entre atletas.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.