Lesões Ocorridas com Acadêmicos do Curso de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá e Suas Possíveis Causas

Por: e Simone Borges Machado.

Revista da Educação Física - UEM - v.7 - n.1 - 1996

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar a problemática da ocorrência de lesões com os acadêmicos do Curso de Licenciatura em Educação Física, da Universidade Estadual de Maringá-PR (Clef-UEM). Para tal fim, procurou-se diagnosticar os tipos de lesões, verificar a opinião de alunos e professores com relação às possíveis causas das mesmas, bem como identificar fatores que poderiam amenizar as lesões que ocorreram. A pesquisa foi realizada durante o segundo semestre letivo de 1991 e contava com 231 alunos regularmente matriculados. A coleta dos dados foi realizada, através de questionários específicos: um para os discentes e outro para os docentes. No total foram verificados 40 casos (lesões) sendo 13 no sexo masculino e 27 no sexo feminino. O tipo de lesão que mais ocorreu foi a contusão (55%) seguida de entorse (18%). A região mais atingida foram os membros inferiores. A disciplina que apresentou o maior número de lesões foi o judô. Por parte dos alunos, o que mais se destacou como possíveis causas foram: a agressividade dos colegas na execução dos exercícios práticos (33%) e as instalações desportivas (25%). Porém, para os professores, as duas principais causas foram: a falta de atenção dos alunos (20%) e inaptidão física (20%). Através deste estudo sugere-se que seja constituída uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) formada por discentes, docentes e funcionários afetos ao Departamento de Educação Física - UEM, para acompanhar este tipo de situação, promover a prevenção e propor melhorias no que for considerado necessário.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/3863/2657

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.